Solicitação já tramita no Ministério da Justiça, que tem até 31 de maio para enviar pedido ao Ministério do Planejamento. Ao todo são 1.300 vagas. Minuta do edital já está pronta

Mais um passo para a realização do aguardado concurso público da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A corporação confirmou que já encaminhou nova solicitação para o Ministério da Justiça, que agora tem até 31 de maio para reencaminhar o processo para o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). O novo pedido conta com uma oferta de 1.300 vagas para a carreira policial, número um pouco menor que o anterior, encaminhado em 2016, que era de 1.500.
Vale lembrar que, no sentido de agilizar o processo, a corporação já conta com uma minuta do edital pronta, que vinha sendo elaborada desde o final de 2016, com o objetivo de permitir que o concurso possa ser iniciado imediatamente após eventual autorização do Ministério do Planejamento.
Para concorrer ao cargo de policial rodoviário é necessário possuir curso de nível superior em qualquer área de formação, além de carteira de habilitação a partirda categoria “B”. A jornada de trabalho dos servidores é de 40 horas semanais
Um ponto importante é que a carreira passa por um processo de revalorização, uma vez que o presidente Michel Temer sancionou, em 15 de dezembro, a lei 13371, que concede aumentos progressivos para a a corporação. Com isto, o inicial, que era de R$ 7.167,91, incluindo salário de R$ 6.719,91 e auxílio-alimentação de R$ 458, a partir de janeiro passou a ser de R$ 9.491,98, já com o adicional.
Além disso, a carreira contará com mais dois reajustes, em janeiro de 2018 e janeiro de 2019, com iniciais passando, respectivamente, para R$ 9.931,57 e R$ 10.357,88, com o atual valor do auxílio.

Fonte: jcconcursos.uol.com.br

Atendimento via WhatsApp!