Atenção, concurseiros da carreira policial! A Polícia Militar de São Paulo (Concurso PM SP) divulgou, no Diário Oficial do Estado de São Paulo desta sexta-feira (06/12), o extrato de contratação da Fundação Vunesp para a realização do novo certame para o cargo de Soldado.

A publicação no Diário Oficial de São Paulo pontua que a contração da Fundação Vunesp foi feita por dispensa de licitação com o objetivo de planejar, organizar e executar o concurso público para o ingresso na corporação no cargo de soldado da Polícia Militar de 2ª Classe.

A celeridade no processo de licitação e a dispensa deve-se ao decreto 64.066 de 2019, que estabelece diretrizes para a reavaliação e renegociação de contratos visando a redução das despesas no Executivo do estado de São Paulo.

Desta maneira, a expectativa é que a Polícia Militar de São Paulo realize o terceiro concurso público para a contração de soldados em menos de um ano. Os certames anteriores aconteceram também sob organização da Fundação Vunesp. O primeiro edital foi publicado em abril, enquanto o segundo foi publicado em agosto.

Na última terça-feira, 2080 novos policiais referente ao edital de abril, passaram pelo curso de formação e entrarão na ativa para a Operação Verão 2019/2020, no litoral do estado de São Paulo. A remuneração inicial é de R$ 3.164,58.

Validade dos últimos Concurso PM SP

O edital de abril previu seis meses de validade para o seu certame, podendo ser prorrogado a critério da administração. Já o edital publicado em agosto contou com uma validade de quatro meses. Como preza o Art. 37 IV da CF, os aprovados em um concurso público anterior terão prioridade de convocação sobre novos concursados para assumir o cargo na carreira.

Em ambos os editais, foram disponibilizadas 2700 vagas – hoje um total 5400 cargos para Policiais Militares de São Paulo.

Atendimento via WhatsApp!