Foi divulgada no Diário Oficial, da edição de 12 de julho, uma lei complementar que delimita que a publicação do edital do novo concurso para o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran SP) ocorra em até 180 dias, ou seja, no máximo até o início de janeiro de 2019. Vale lembrar que o certame foi autorizado em 25 de maio pelo governador Márcio França e terá 575 vagas, sendo 375 de oficial estadual de trânsito I e 200 para agente estadual de trânsito I.

Recentemente, o órgão constituiu a comissão organizadora, que é composta pelos seguintes membros titulares: Oscar Adolfo Sanchez, Izadora Rodrigues Normando Simões, Jorge Antônio Couto Santos, Luiz Carlos Krzyzanovski da Silva e Wellington Cruz Barbosa. Como suplentes são: Carine de Amorim Nogueira Calvo, Luiz Gustavo Pereira de Andrade, Solange Cristina de Amorim Rosa, José Iberê Fernandes Junior e Assme Abrão.

A carreira de oficial estadual de trânsito I se destina aos candidatos que possuem certificado de ensino médio ou de curso técnico, desde que emitido por instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). A remuneração inicial é de R$ 1.863.

Profissionais com formação superior em diversas áreas de atuação e com carteira nacional de habilitação o mínimo “B” poderão concorrer ao posto de agente estadual de trânsito I. O salário vigente corresponde ao valor de R$ 4.657,50.

O próximo passo para a realização do concurso do Detran SP é a escolha da banca organizadora.

Atribuições dos cargos do concurso do Detran SP

O oficial desempenhará atividades administrativas, como verificação, registro e expedição de documentos, seja de veículos ou de habilitação, além de atuar no atendimento ao público nas unidades de trânsito.

Fonte: jcconcursos.uol.com.br

Atendimento via WhatsApp!