Nesta quarta-feita (13), o administrador de empresas e ex-deputado federal Leonardo de Melo Gadelha tomou posse como novo presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Agora, ele vai terá a responsabilidade de tratar de diversos assuntos do órgãos, como, por exemplo, os cuidados com os trabalhadores do seguro social e a realização de novo concurso.

Vale lembrar que este ano o INSS enviou ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) pedido para a abertura de concurso com 7.051 vagas para 2017. O documento foi devolvido no final do mês passado, mas a expectativa é de que o cenário seja diferente e ocorra o aval no próximo ano.

De acordo com a assessoria de imprensa do MPTS (Ministério do Trabalho e Previdência Social), no pedido foram requeridas 1.530 oportunidades para perito médico previdenciário, 1.894 para a função de analista e 3.627 para o posto de técnico do seguro social. O departamento de comunicação ainda reforçou que tais chances não se referem ao certame em andamento para técnico e analista.

Em março, quando saiu o decreto que alterou o Regulamento da Previdência Social (RPS), o então ministro do MPTS, Miguel Rossetto, chegou a dizer que a expectativa do órgão era que o Planejamento libere o aval no decorrer de 2016. “O decreto e o concurso vão fortalecer nossa capacidade de acolhimento e atendimento às pessoas num momento de dificuldade quando estão afastadas do trabalho por questões de saúde ou por acidente”, enfatizou Rossetto.

Fonte: jcconcursos.uol.com.br

Atendimento via WhatsApp!